Município encaminha pedido de adesão ao SUSAF

Na quinta-feira (28), o prefeito Gerri Sawaris esteve reunido com o coordenador de Agricultura Valdir Grison e com a Médica Veterinária Cibele Villa, oportunidade em que assinou ofício, que será encaminhado para a Secretaria Estadual de Agricultura, solicitando a adesão do Município de Constantina ao SUSAF (Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte).

Ainda no dia 13 de setembro o Governo do Estado do Rio Grande do Sul publicou decreto que autoriza as agroindústrias solicitarem equivalência ao SUSAF a partir dos Sistemas de Inspeção Municipal (SIM).

No dia 25 de setembro, os prefeitos que fazem parte da AMZOP (Associação dos Municípios da Zona da Produção) participaram de reunião com o secretário adjunto de Desenvolvimento Rural, Claudemir José Locatelli, onde ficou definido que cada município encaminharia a documentação necessária para a secretaria, que se comprometeu em agilizar os tramites para a liberação do SUSAF.

O município de Constantina foi o primeiro da AMZOP a encaminhar a solicitação, sendo que o prazo estipulado para obter uma resposta do estado é de 30 dias.

Atualmente, Constantina conta com 1 matadouro de bovinos e suínos, 5 agroindústrias familiares produtoras de embutidos cárneos e 1 laticínio com inspeção municipal, movimentando em torno de 1 milhão de reais por ano. Caso o serviço de inspeção municipal seja integrado ao SUSAF, esses estabelecimentos poderão comercializar seus produtos em todo o Estado.

“Constantina é referência em todo o Estado pelas suas agroindústrias e pelo incentivo à diversificação da produção agropecuária, sendo fortemente caracterizado pela agricultura familiar. A adesão ao SUSAF será um grande passo no desenvolvimento econômico e social do município, tendo em vista que vai  permitir que os agricultores ampliem a comercialização de seus produtos, gerando renda e melhor qualidade de vida no meio rural”, destacou a Médica Veterinária Cibele, que está acompanhando os tramites para a liberação do serviço.

Compartilhe